25 de Jun de 2022

A apresentadora conversou com o médico oftalmologista Dr. Gabriel Gorgone e aproveitou para sanar dúvidas do público

Um levantamento realizado pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) revelou que houve um aumento no número de casos de miopia infantil diagnosticados no País, entre abril e junho de 2021. Apesar de ser uma condição que pode levar a doenças graves, ainda há um grande número de pais que não leva os filhos em consultas regulares com médicos oftalmologistas durante a primeira infância. Para falar sobre esse tema, a atriz e apresentadora Thais Fersoza participou de uma live, promovida pela CooperVision Brasil, e conversou com o especialista Dr. Gabriel Gorgone.

"Foi a professora da Melinda quem me alertou que, na idade em que meus filhos estão, é necessário consultar um oftalmologista. Ela comentou que, preferencialmente, no período em que se inicia a alfabetização é preciso o acompanhamento com um especialista. Recebi a mesma orientação do pediatra deles. Cheguei a perguntar se era porque estavam vendo algo de errado com as crianças, mas eles me explicaram que, assim como fazemos o exame morfológico quando estamos grávidas, também precisamos levar as crianças em consultas regulares no oftalmologista, principalmente a partir dos quatro anos", comentou Thais.

Um tópico abordado foi o aumento dos casos de miopia infantil durante a pandemia, período no qual as crianças passaram mais tempo em frente às telas de dispositivos digitais. Segundo Dr. Gorgone, a miopia é um erro refracional caracterizado pela dificuldade em enxergar de longe e, quando atinge um grau elevado, pode levar a outras complicações, inclusive a perda da visão. "Quando detectamos um caso de miopia na infância, conseguimos atuar para desacelerar a progressão dessa condição. Nessa fase, o olho ainda está se desenvolvendo, por isso é possível conter o alongamento do globo ocular, reduzindo o risco de complicações da visão relacionadas à alta miopia na vida adulta", explicou o médico. 

A apresentadora e o especialista também falaram sobre um tratamento inovador, que é realizado por meio de lentes de contato que desaceleram a progressão da miopia em crianças e jovens. "Hoje temos lentes de contato que corrigem a visão e diminuem em média 59% a progressão da miopia. É um dos métodos mais eficazes para o controle dessa condição e ajuda na questão da praticidade no dia a dia da criança, que pode brincar e praticar esportes sem se preocupar em derrubar ou quebrar os óculos", detalhou o Gorgone. 

Além das consultas regulares no oftalmologista, outras dicas que podem contribuir para a manutenção da saúde ocular das crianças são: controlar o tempo de exposição aos dispositivos digitais (celular, tablet, televisão etc.), garantir que a criança não fique com o rosto próximo às telas dos dispositivos digitais e incentivar a prática de atividades ao ar livre. A live completa está disponível na página da CooperVision no Instagram. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: assessoria de comunicação da CooperVision Brasil