25 de Jun de 2022

Em meio as comemorações do Dia Mundial da Terra, a empresa anuncia que países da América do Sul, Europa e Ásia passarão a fazer parte da iniciativa  

A CooperVision foi a primeira empresa do setor de lentes de contato do mundo a fazer parte de uma iniciativa voltada à neutralidade de plástico. Agora, às vésperas da celebração do Dia Mundial da Terra (22/04), a empresa anuncia a expansão do projeto. Serão incluídos na ação mais países na Europa, e, pela primeira vez, na América do Sul e Ásia. A companhia também está lançando um painel no qual o público poderá acompanhar os resultados do programa de reciclagem, desenvolvido em parceria com o Plastic Bank, empresa especializada em criar ecossistemas sustentáveis em comunidades costeiras vulneráveis.

Por meio da parceria, a CooperVision financia a coleta, o processamento e a reutilização de resíduos em volumes equivalentes ao plástico utilizado nas lentes e embalagens de diversas linhas de produtos. Em 2021, cerca de 28 milhões de garrafas de plástico foram redirecionadas e impedidas de poluírem os oceanos e 171 comunidades costeiras foram beneficiadas, com os coletores fazendo a troca dos materiais recolhidos por água potável, mantimentos, óleo de cozinha etc. 

No painel, que está disponível no site, todos podem acompanhar a quantidade de plástico neutralizada e um mapa interativo mostra as comunidades locais que estão sendo impactadas. O desenvolvimento do projeto resultou em esforços premiados de conservação em Porto Rico e certificações de sustentabilidade de prestígio na Espanha, Reino Unido, Costa Rica e Porto Rico. 

"Essa é a maior iniciativa de neutralidade plástica na indústria de lentes de contato realizada até hoje. Sabemos que nossos clientes estão cada vez mais preocupados com as questões relacionadas à preservação do meio ambiente, e agora, sempre que adquirem um produto das nossas linhas neutras em plástico, estarão gerando um impacto ambientalmente positivo", comenta Gerson Cespi, diretor-geral da CooperVision Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: assessoria de comunicação da CooperVision