27 de Mai de 2022

Segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 80% dos casos de cegueira ou deficiência visual do mundo poderiam ser evitados por meio de ações preventivas com exames de rotina e tratamento precoce

Informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), mostraram que a cegueira afete 39 milhões de pessoas em todo o mundo e que cerca de 246 milhões sofram de perda moderada ou severa da visão. Além disso, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 1.577.016 indivíduos são cegos, o equivalente a 0,75% da população nacional. Um levantamento realizado pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) no ano de 2019 revelou que as principais causas de deficiência visual são os erros de doenças não corrigidas como miopia, astigmatismo e hipermetropia, catarata e degeneração macular relacionada à idade.

Mas quais são as principais causas da perda de visão e como prevenir? O oftalmologista Dr. Maurício Pampola explica que uma das razões de perda de visão é a degeneração macular relacionado à idade (DRMI), catarata e glaucoma. "A melhor forma de fazer a prevenção dessas patologias é detectar precocemente por meio de exames oftalmológicos de rotina como medir a pressão do olho e fazer a avaliação da retina e assim, evitar a perda de visão. É importante a proteção contra raios ultravioleta e usar óculos de sol de boa qualidade e procedência", ressalta.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 80% dos casos de cegueira ou deficiência visual do mundo poderiam ser evitados por meio de ações preventivas com exames de rotina e tratamento precoce. "É muito importante lembrar que a avaliação oftalmológica deve ser feita anualmente a partir dos 40 anos de idade, já em crianças os exames preventivos devem ser realizados com um, quatro e sete anos de idade. Caso ela tenha algum grau ou alteração, a avaliação pode ser efetuada de maneira individual", salienta.

Os principais exames para garantir uma boa saúde ocular são: a medida da pressão e avaliação do fundo do olho para a descoberta de problemas oftalmológicos. "Hoje, consideramos que ceratocone também é uma enfermidade que causa baixa visão. Tanto o exame de detecção quanto o tratamento são simples", complementa o especialista.

Abaixo, o oftalmologista dá algumas dicas para manter uma visão saudável:

• Boa alimentação;

• Hábitos de vida saudáveis como a prática de exercícios físicos;

• Uso regular de óculos de sol de boa qualidade;

• Utilização regular de óculos de grau de boa qualidade;

• Exames de rotina em dia, principalmente quem tem doenças oftalmológicas na família.

"A oftalmologia é uma das especialidades que mais evoluiu nos últimos anos, não só em termos de diagnóstico, mas também em tratamentos. Hoje, uma cirurgia de glaucoma, por exemplo, está muito mais avançada junto a tratamentos eficazes com menos efeito colateral. Já a terapia para catarata possui lentes intraoculares com capacidade de corrigir, além da catarata, o grau que o paciente tem, apresentando excelentes resultados visuais", finaliza o especialista.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: assessoria de comunicação do Hospital Casa de Saúde Guarujá