22 de Out de 2020

Rapaz perdeu temporariamente parte da visão, mas os médicos acreditam que parte da estrutura dos olhos nunca será reparada

olhos

Há muitos alertas sobre os riscos de apontar laser para os olhos, inclusive os que parecem de brinquedo. Segundo um relato publicado no jornal científico Retinal Cases & Brief Reports, um adolescente teve lesões permanentes na retina após olhar para um laser usado para entreter gatos e cachorros. O rapaz participava de uma brincadeira com os amigos e olhou fixamente para o laser por alguns segundos. Apesar de ser um equipamento de baixa intensidade, foi o suficiente para lesionar os olhos. Imediatamente após a exposição, o adolescente teve perda de visão por vários minutos. Ele descreveu o efeito inicial como uma luz intensa e brilhante.

Cinco meses depois, ainda com visão borrada, o paciente marcou uma consulta com um oftalmologista. Ele não conseguia enxergar as letras quando lendo com o olho direito aberto e o esquerdo, fechado. Seis meses após a consulta, o adolescente enxergava melhor, mas o sistema óptico precisou ser escaneado e os médicos constataram lesões nas células fotoreceptoras. Regiões inteiras foram destruídas pelo laser.

Os profissionais de saúde perceberam que a lesão melhorou depois de alguns meses, mas acreditam que nunca será completamente resolvida. “Sempre haverá cicatrizes na região”, explicam os responsáveis pelo caso. A visão do jovem deve continuar melhorando, apesar de ainda não estar claro se ele voltará a enxergar perfeitamente novamente.

 

 

 

 

 

Fonte: Portal Metrópolis