14 de Jul de 2020

Usuários ignoram os riscos reais de passar muitas horas em frente à telas

Cerca de 43% da população brasileira tem smartphone. São, em média, mais de nove horas gastas navegando na internet - o que coloca o Brasil entre os cinco países que mais tempo passam na online diariamente. O que a maioria das pessoas ignora é que há uma série de problemas de visão causados por esta longa exposição a celular, computador e tablet.

O alerta é da Dra. Lívia Andrade, oftalmologista. "A luz azul violeta, de led, que os aparelhos eletrônicos emitem, é muito prejudicial para a visão", diz a especialista, lembrando que esta prática vem afetando crianças, jovens e adultos, sem distinção.

Na opinião da médica há uma epidemia de miopia entre os pequenos: "As crianças de hoje não estimulam visão para longe. Como elas mexem muito em celular, tablet e não brincam ao ar livre, na rua, elas enxergam muito bem para perto e muito mal para longe". A dica que ela dá para os pais é limitar o tempo de uso destes aparelhos.

O olho seco também é um mal que acomete muita gente: "Passar muitas horas em frente de uma tela faz com que pisquemos muito pouco, desenvolvendo o olho seco. Nos casos mais severos, isso pode causar úlcera de córnea e perda de visão". A recomendação é fazer pausas a cada 20 minutos de uso de tela: "É bom focar para o infinito e piscar nestes intervalos, que são movimentos que relaxam a musculatura de perto e lubrificam os olhos".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Eye Care Hospital de Olhos