05 de Dez de 2019

A receita de óculos é o resultado de procedimentos médicos minuciosos do oftalmologistas que avaliam o estado geral dos olhos e determinam o tipo de lentes adequadas à melhor visão para o paciente. Sua exatidão depende em grande parte das informações que o paciente presta ao médico durante o exame. Na loja de ótica a pessoa apresenta a receita e escolhe a armação que lhe agrada. Nesta ocasião convem indagar se a loja conta com laboratório credenciado, profissional especializado no preparo das lentes, sua montagem na armação e ajuste sob medida ao rosto e olhos do portador. Os óculos são um objeto de precisão, de custo elevado, devendo ser fornecidos por profissional conceituado.

Cabe ao vendedor - devidamente treinado - orientar o paciente na escolha da armação, pois nem todos os modelos são adequados ao tipo de lente receitada. Nos óculos inteiramente sem aros, por exemplo, as lentes suportam todos os esforços e por isso têm de ser feitas de materiais mais robustos, o que aumenta o custo. Estes materiais, muito resistentes à quebra, são indicados também para óculos mais sujeitos a impactos, como aqueles destinados a desportistas e crianças. Para graus fortes há materiais com os quais se podem fazer lentes mais leves e menos espessas.

Caso o oftalmologista não tenha recomendado na receita, a ótica pode sugerir ao paciente lentes com tratamento anti-reflexo, anti-risco e repelente de água e óleo. O primeiro reduz os reflexos, melhora a aparência das lentes e do portador; o segundo e o terceiro prolongam a vida útil dos óculos e tornam sua limpeza mais fácil. Ao levar os óculos para serem conferidos no consultório, o oftalmologista verifica a exatidão do grau receitado, as dimensões e a qualidade das lentes, sua montagem na armação e a posição no rosto do portador. A conferência permite verificar eventuais incorreções devidas a erros no preparo dos óculos e mesmo na redação da receita.

Lensômetro

                         Lensômetro

Na conferência dos óculos o médico verifica tanto o trabalho do laboratório de lentes quanto o seu próprio. Na eventualidade de encontrar incorreções fica mais fácil a resolução do problema no consultório, na ótica ou em ambos, pois em sua atividade o laboratório é colaborador do médico, visando ambos o beneficio do paciente.

Conferência de óculos

    Conferência de óculos

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: ISO Olhos