17 de Out de 2019

No Dia Mundial da Visão, Instituto de Olhos do Recife alerta sobre a necessidade da prevenção

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras entidades se unem em torno do Dia Mundial da Visão, comemorado hoje, dia 10 de outubro. O Instituto de Olhos do Recife (IOR) se junta à causa, fazendo um alerta sobre a necessidade da prevenção da cegueira. “Seguindo a orientação do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), o nosso objetivo é questionar a sociedade sobre como podemos reduzir até 25% do total de pessoas cegas por causas que poderiam ter sido evitadas”, explica o oftalmologista Dr. Henrique Moura de Paula, especialista em oftalmologia geral, glaucoma e catarata no IOR.

Algumas medidas podem ser tomadas para prevenir e evitar a cegueira. Uma delas é o amplo acesso da população brasileira ao atendimento médico oftalmológico. Outra ação essencial envolve consultas e exames oftalmológicos regulares. “Mesmo quem não apresente sintomas, deve ir ao oftalmologista periodicamente”, explica Dr. Henrique.

Outro agravante é a falta de informação. “A cegueira evitável é uma questão de cidadania. Por isso, é essencial que a sociedade se envolva nesta iniciativa e utilize os serviços completos de atendimento oftalmológico da sua cidade ou município mais próximo”, orienta o médico. Segundo ele, muita gente só procura o oftalmologista para trocar os óculos. “As pessoas esquecem que, além do exame de refração, o médico precisa fazer o screening de algumas doenças como a catarata, o glaucoma e a degeneração macular relacionada à idade”, complementa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: assessoria de comunicação do Instituto de Olhos do Recife