17 de Out de 2019

Popularmente referido como “cisco”, na maioria das vezes está localizado na área branca dos olhos (conjuntiva bulbar) e causa pouco desconforto

Geralmente é fácil de ser removido com um cotonete ou desintegra-se com o efeito das lágrimas e do piscar. Quando o corpo estranho está localizado debaixo da pálpebra superior o desconforto é maior, costuma haver muita dor, lacrimejamento, vermelhidão no olho e dificuldade em olhar para a luz. Esse corpo estranho também pode ser removido com um cotonete, porém, nesse caso, é necessário dobrar a pálpebra para cima. Se não há melhora dos sintomas de dor e vermelhidão e o desconforto é grande, é possível que ele tenha machucado a córnea. A córnea é a membrana que recobre a íris – parte colorida do olho. Os machucados na córnea são muito perigosos, pois podem afetar a visão de forma permanente.

Algumas situações em que o atendimento médico deve ser procurado:

 - Quando o cisco estiver localizado na parte branca do olho ou na parte colorida (conjuntiva e íris);

- Quando a sensação de desconforto e irritação no olho permanecem, mesmo após a lavagem, a retirada do cisco ou ainda, após a manutenção dos olhos fechados por algum tempo;

- Quando houver a entrada no olho de outros tipos de materiais, como farpas de madeira, estilhaços de metal, vidro ou insetos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Portal ISO Olhos