17 de Out de 2019

Publicada no Diário da Justiça desta terça-feira (15) a Portaria nº 1.542, que institui o Comitê Gestor de Aprimoramento e Reformulação do Portal e Intranet do Tribunal de Justiça de Mato-Grosso do Sul. A intenção é aperfeiçoar e modernizar o site a fim de suprir a falta de mecanismos de acessibilidade, de padronização das páginas da web. O aprimoramento abrangerá também a intranet, um espaço aberto aos servidores e colaboradores, além de comportar conteúdos das áreas internas. Importante destacar que as mudanças possibilitarão a criação de novos hotsites e páginas internas no portal do Tribunal de Justiça do Mato-Grosso do Sul (TJMS). Para isso, o Desembargador Pascoal Carmello Leandro, presidente do TJMS, considerou a baixa capacidade operacional da atual estrutura funcional, a alta incidência de retrabalho na alimentação e administração do portal, a baixa compatibilidade com os sites de busca na internet e outros sistemas, bem como as barreiras de comunicação criadas pelo uso simultâneo de dois sistemas distintos, sendo um interno e outro externo.

Segundo a portaria, integrarão o Comitê o juiz auxiliar da Presidência, Alexandre Branco Pucci; o  diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação, Altair Junior Ancelmo Soares; e o diretor da Secretaria de Comunicação, Carlos Kuntzel. Entre as várias atribuições do comitê estão desenvolver e aprovar novo layout do portal; assegurar mecanismos e instrumentos de efetiva eficiência gerencial, de acessibilidade, administrativa e de transparência; avaliar e priorizar demandas de desenvolvimento, evolução ou modificação de sistemas, subsistemas e páginas que compõem o portal e a intranet; garantir acessibilidade ao novo portal e intranet; priorizar a utilização de inteligência artificial em serviços de demandas manuais e repetitivas da estrutura do portal, e validar termos de cooperação pertinentes.

O Comitê terá uma equipe de execução com servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação e da Secretaria de Comunicação, responsável por desenvolver as atividades e adotar providências que assegurem o cumprimento das atribuições e objetivos estabelecidos. A priorização do conteúdo considerará o Plano Estratégico do Poder Judiciário, da Secretaria de Comunicação, da Secretaria de Tecnologia da Informação e os resultados da Avaliação do nível de conhecimento e satisfação da população residente no Estado de Mato Grosso do Sul sobre o Poder Judiciário estadual e suas atribuições, pesquisa aplicada pelo Instituto Sigma-Álgebra.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:http://www.acritica.net