23 de Nov de 2017

Entre tantos mitos que ouvimos desde crianças, descubra o que é verdade ou não sobre os olhos

É impossível conhecer alguém que não tenha passado a vida escutando coisas como "comer isso faz bem para a vista" ou "fazer aquilo prejudica a visão". Frases que passam de geração em geração e que todo mundo cresce ouvindo... Daí surge a pergunta: É verdade? Até onde esses conhecimentos gerais estão certos? Como podemos tirar as nossas dúvidas?

Para esses esclarecimentos, consultas regulares em oftalmologistas são essenciais. É muito importante saber como vão os seus olhos, o que você está fazendo de correto ou errado. "Alguns pacientes às vezes chegam aqui com dúvidas, tendo alguma atitude acreditando que vá mudar algo, quando na verdade, não apresenta melhorias, ou até mesmo prejudica a visão", explica o oftalmologista Dr. Jonathan Lake.

Uma das dúvidas mais comuns é "ver televisão de perto pode prejudicar a visão?". Segundo o Dr. Jonathan Lake, ver televisão de perto pode causar um cansaço ocular por forçar a vista, ou uma dor de cabeça, mas não traz diretamente nenhum prejuízo para a própria. "O melhor a fazer é descobrir uma posição e distância visualmente confortáveis, pois são vários fatores a serem levados em consideração, como o tamanho da TV, tempo e até mesmo a situação da própria pessoa", diz.

Assim como ficar muito tempo na frente do computador. Quem nunca ouviu isso nos dias de hoje? Atualmente, passamos grande parte do nosso dia em computadores e smartphones. A verdade é que usar a maquina aumenta o nível de atenção, assim, as pessoas tendem a piscar menos em frente à tela. "A lubrificação é essencial, pois a lágrima é um dos componentes mais importantes para a saúde do olho. Na falta dela, surge a Síndrome do Olho Seco, visão embaçada, olhos irritados e vermelhos. É essencial piscar bastante", alerta Dr. Jonathan Lake.

Outro fato sobre o qual escutamos muita coisa é "ler com pouca luminosidade prejudica a visão?". Ainda segundo Dr. Jonathan, não prejudica. O que acontece é um certo desconforto pela dificuldade para ver, mas não há um desgaste ou lesão. "As pessoas também dizem que ler dentro de veículos em movimento descola a retina. Na verdade, não existe esse risco. O máximo que pode acontecer é sentir certo enjoo", observa.

Mas às vezes alguns desses conhecimentos gerais podem informar sobre a condição a visão. Por exemplo, aquela famosa conversa de que "dor de cabeça é problema de visão", pode ser verdade ou mentira. "É preciso procurar uma orientação médica, porque a dor de cabeça pode estar relacionada com diversos problemas de saúde, tanto dos olhos, como outras partes do corpo humano", orienta.

A Presbiopia, popularmente conhecida como "vista cansada", também tira o sono de muita gente. De acordo com sabedoria popular, a partir dos 40 anos todo mundo desenvolve. Porém, isso depende do paciente e deve ser examinado. "A maior parte da população realmente passa a ter essa dificuldade na idade, mas alguns começam a ter depois de alguns anos", esclarece.

Uma coisa que costuma ser muito discutida entre mitos e verdades, é a alimentação. Um dos alimentos muito conhecidos como benéfico aos olhos, a cenoura, que faz jus à fama. Ela é rica em vitamina A, que é importante para a saúde dos olhos, assim como frutas e verduras em tom verde escuro. Alimentos com Ômega 3 e frutas amarelas também estão na lista. Porém, aquela velha história de que comer formiga também faz bem, não passa de uma mentira.

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Oftalmed Hospital da Visão,