21 de Out de 2017

Terceira edição do Mutirão de Retinopatia Diabética oferece exames e diagnósticos gratuitos para aqueles que fizerem o pré agendamento por telefone

visao

O departamento de oftalmologia do Hospital da Gamboa realiza junto com o Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro (IORJ) a terceira edição do Mutirão de Retinopatia Diabética, no dia 7 de outubro, no Hospital da Gamboa, Centro do Rio. O objetivo do evento é oferecer o diagnóstico correto aos pacientes acometidos pela retinopatia diabética, que é uma alteração que ocorre no fundo dos olhos causada pela Diabetes (aumento do açúcar no sangue) e uma das principais causas da cegueira.

No total, serão 500 vagas disponíveis para exames oftalmológicos gratuitos de fundo de olho, testes de glicemia e diagnósticos de retinopatia diabética. A partir dos diagnósticos, os pacientes serão orientados em relação aos tratamentos, receberão um laudo médico confirmando se existe a presença ou não de retinopatia diabética e receberão auxílio para procurar atendimento oftalmológico que ajude no tratamento da retinopatia diabética. Os interessados em participar devem entrar em contato através do telefone (21) 2206-1700 para receber a senha que garantirá sua vaga no dia. O atendimento será feito de 8 às 15h por ordem de chegada. Importante ressaltar que nesse dia não serão feitas consultas para óculos, cirurgias e tratamentos para pacientes que já apresentem a retinopatia diabética.

Segundo o Dr. Almyr Sabrosa, um dos responsáveis pelo mutirão de oftalmologista do departamento de retina e vítreo do IORJ/Hospital da Gamboa, grande parte dos pacientes acometidos pela diabetes não sabem que correm o risco de perder a visão, por conta da falta de controle da doença. “O melhor tratamento é a prevenção a qual é feita através de um exame fundo de olho por médico oftalmologista.  A lesão, dependendo do caso, pode levar à cegueira. O diagnóstico bem feito é importante para que o paciente tenha o tratamento adequado para prevenção de consequências piores. E é isso que o mutirão se propõe a fazer”, explica o Dr. Sabrosa, médico-oftalmologista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia CBO, especialista em retina pela FMUSP.

Segundo um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV), 70% dos pacientes com diabetes tipo 2 não conhecem a doença. Cerca de 90% dos pacientes com diabetes tipo 1 desenvolvem a lesão, assim como, 60% dos que possuem o tipo 2. Durante o mutirão, outras especialidades médicas também estarão presentes no local com seus responsáveis para orientarem a importância do controle da glicemia dentro da sua área. Transporte gratuito será disponibilizado na Central do Brasil diretamente para a Gamboa.

Serviço:

Hospital da Gamboa

Endereço: Rua da Gamboa, 303 – Santo Cristo

Horário: 8h às 15h

Agendamento: (21) 2206-1700

Informações: www.iorj.med.br

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do IORJ