17 de Out de 2018

Ceratite pode levar à cegueira e ser causada por má higienização das lentes de contato

Especialista fala sobre a doença e detalha quais são os fatores desencadeantes, principais sintomas e tratamentos

Alguns hábitos parecem inofensivos, mas podem acabar com sua visão. Por exemplo, limpar inadequadamente as lentes de contato, coçar os olhos com frequência, passar muito tempo em frente ao computador, sem descanso, podem facilitar o aparecimento de uma doença grave, porém, muitas vezes, ignorada: a ceratite. Doença de diagnóstico difícil, pode ser confundida com outras enfermidades. Uma vez diagnosticada, tem um tratamento intensivo. Se não tratada, pode levar à cegueira. “A ceratite é um problema de saúde pública, mas poucos se atentam a isso”, avalia o oftalmologista Dr. Omar Assae.

A ceratite é a inflamação da córnea, região que envolve os olhos em uma espécie de lente. Quando atacada por microorganismos, gera um processo inflamatório: a ceratite. No entanto, a doença pode ser causada por traumas, medicamentos, exposição à luz ultravioleta e até complicações de outras enfermidades. “A doença progride rapidamente. Sem tratamento, provoca graves lesões na córnea, com risco de perfuração, além de afetar outras áreas do olho. Com isso, pode haver uma queda importante na capacidade visual e até mesmo a perda da visão”, explica o especialista.

Os principais sintomas da ceratite são sensibilidade à luz, visão borrada, sensação de corpo estranho nos olhos, vermelhidão, lacrimejamento e, sobretudo, dor intensa, tendo em vista que a córnea é umar região repleta de nervos. O tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico e geralmente dura alguns dias.

Fonte: Portal CEMA