21 de Out de 2017

Oftalmologista do IOR explica que o consumo de alimentos ricos em vitaminas e outros nutrientes previne doenças na visão

ma alimentacao causa dores de cabeca 2 1

A falta de alguns nutrientes pode ocasionar problemas de visão, por isso uma dieta balanceada é fundamental. É importante que algumas vitaminas façam parte das refeições para que o organismo tenha um bom funcionamento e a saúde dos olhos seja preservada. De acordo com um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), 98% dos brasileiros não consome uma quantidade adequada desses compostos orgânicos presentes nos alimentos. A falta de vitamina A, por exemplo, atinge 63% das meninas com idade entre 10 e 13 anos e 83% da população masculina de 14 a 18 anos.

Para a oftalmologista do Instituto de Olhos do Recife (IOR), Priscila Andrade, a ingestão de algumas vitaminas é fundamental para a boa saúde da visão. A vitamina A, por exemplo, desempenha um papel importante na visão noturna. Já o Complexo B é fundamental no combate às inflamações crônicas e doenças da retina.  “As pessoas devem consumir alimentos ricos em ômega 3, luteína e betacaroteno. Os peixes, por exemplo, são ricos em ômega-3 e ômega-6 como também em vitaminas A, B6, B12, C, D e E, além de minerais. Os que fazem bem à saúde ocular e protegem a retina são o salmão, atum, truta, além de anchovas e cavala”, orienta. 

                Outro alimento que faz bem aos olhos é a cenoura. “Tanto as cenouras quanto as demais frutas e legumes de cor alaranjada são ótimas para a visão. Isso porque o betacaroteno, que é um antioxidante natural, é uma das formas indiretas de se obter a vitamina A e contribui para que a retina e outras partes do olho funcionem sem problemas”, confirma a oftalmologista. 

                ESTUDOS -  A doutora Priscila também alerta sobre os riscos de alimentos gordurosos e ricos em açúcar, que não só fazem mal à saúde em geral como prejudicam diretamente a visão. “As pessoas devem evitar dietas ricas em gorduras saturadas, carnes vermelhas e açúcares sabidamente maléficos à saúde”, reforça. 

               Uma alimentação desregrada contribui para o surgimento ou avanço de algumas patologias. É um fator de risco para a progressão, por exemplo, da Retinopatia Diabética (RD). “Associado ao prognóstico da doença está o mau controle glicêmico. Mas, independente do estágio da doença, é indispensável rever o cardápio com o auxílio do nutricionista e endocrinologista para controlar a glicemia, colesterol e triglicerídeos”, explica Priscila. 

               O déficit de vitaminas no corpo também pode provocar a degeneração da retina. “Há estudos que comprovam que muitos pacientes com Degeneração Macular Relacionada à Idade – DMRI apresentam níveis de vitamina D e E abaixo do recomendado”, revela a oftalmologista. 

Confira algumas componentes para a saúde dos olhos e em quais alimentos encontrá-los:

Vitamina A (Leite integral, queijo, manteiga, ovos).

Vitamina A-retinol (fígado de frango e de boi, leite integral e queijo)

Vitamina D (Peixes, carne bovina, ostras cruas).

Vitamina E (nozes, avelã, amendoim, trigo, vegetais verdes, semente de girassol).

Omega 3 (salmão, atum, truta, além de anchovas e cavala)

Betacaroteno (caqui, laranja, manga, cenoura, limão e frutas vermelhas ou cítricas)

Linhaça (marrom e dourada)